Pica-Pau: O Filme

Pica PauCrítica – Pica-Pau: O Filme

Sinopse (imdb): O pássaro hiperativo de cabeça vermelha entra em uma disputa de território com um grande advogado da cidade que deseja derrubar seu lar para construir uma casa.

Quando vi o trailer, já deu pra sacar: não vinha coisa boa por aí. Mas, vamos ver qualé…

Pica-Pau: O Filme (Woody Woodpecker, no original) tem vários problemas. Começo pela parte técnica. Hoje em dia, em pleno 2017, com a tecnologia atual, é inadmissível um longa metragem de um grande estúdio ter um cgi tão vagabundo. O Pica Pau nunca parece estar no mesmo plano que os atores. Todas as cenas onde pessoas interagem com ele ficaram falsas.

Outro problema está na personalidade do protagonista. Às vezes o Pica Pau é um trollador, outras vezes ele é carente e amigo. Alguns raros momentos mostram o “Pica Pau Maluco” dos desenhos (justamente os melhores momentos), mas logo ele muda de personalidade mais uma vez. Isso deve ser problema com executivos do estúdio…

O estilo do humor é outra coisa que incomoda. Hoje estamos acostumados com humor mais refinado, o universo de filmes infantis “pós Pixar” nos ensinou que o filme pode ter diferentes camadas e agradar adultos e crianças ao mesmo tempo. Uma cena onde o Pica Pau solta cimento fresco pelo teto solar de um carro e dois adultos ficam parados abanando os braços enquanto o cimento cai sobre suas cabeças funcionava anos atrás, mas hoje quero algo mais bem construído.

No elenco, uma curiosidade: um dos principais papéis é de uma brasileira, Thalia Ayala. Pena que ela está mal, como todo o resto do elenco.

Dispensável. Melhor rever alguns desenhos.

  • Facebook
  • Twitter

Preenchimento obrigatório *

*

You may use these HTML tags and attributes:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>